Ligue: (51) 3662.2002 ou (51) 3664.2035

Você realizou sua tão sonhada cirurgia plástica, os resultados estão começando a aparecer, você já se sente bem e apta a voltar a praticar suas atividades físicas preferidas, mas será que já é o momento?

Sabemos que o bom resultado de uma cirurgia plástica depende não só do procedimento, quanto dos cuidados pós-operatórios, de modo que atitudes erradas neste período podem prejudicar o resultado final da cirurgia. Portanto é importante estar sempre atenta a cada período após a cirurgia, tomando sempre os cuidados orientados pelo seu médico e esclarecendo quaisquer dúvidas junto a ele.

O retorno às atividades dependerá em grande parte do tipo de cirurgia realizada. Por exemplo, cirurgias nas mamas e nos braços exigirão maiores limitações da parte superior do tórax e membros superiores. Da mesma forma, cirurgias em glúteos e coxas/pernas irão impor maiores limites de movimentos de quadril e membros inferiores. Em geral, pelo fato do abdome ter uma musculatura muito recrutada na grande maioria dos exercícios, a abdominoplastia acaba exigindo um retorno mais lento às atividades.

Geralmente, após a grande maioria das cirurgias plásticas, costumamos orientar um repouso de 1 a 2 semanas. Este repouso, entretanto, não significa a permanência de grandes períodos na mesma posição (deitada, sentada..) e sem qualquer atividade. Na verdade, este período se refere a permanência em casa (pela maior parte do tempo) e com limitações de atividades que exijam esforço físico. A paciente pode (e deve) caminhar pequenas distâncias dentro de casa e mudar de posição em intervalos curtos. Ainda durante este período, cada cirurgia exigirá cuidados específicos, por exemplo:
– Poderá haver limitação de elevação dos braços acima da altura do ombro por 5 – 7 dias após mamoplastias;
– Caminhar com flexão do tronco (“curvada”) por aproximadamente 5 – 7 dias após abdominoplastias;
– Posição específica ao sentar e deitar, além de evitar subir degraus por aproximadamente 21 dias após colocação de prótese glútea;

Após o período inicial de repouso, geralmente as atividades que exigem alguma mobilidade maior são gradualmente retomadas. Neste momento, o retorno ao trabalho (dependendo da atividade exercida) é liberado e, com isto, pequenas atividades são reiniciadas.
Atividades físicas que exigem um esforço físico intenso e com resistência (como musculação), em geral, são aconselhados 60 dias após a grande maioria das cirurgias plásticas. Entretanto, a retomada deste tipo de exercício pode eventualmente ser liberada antes, iniciando de forma gradual e trabalhando inicialmente as áreas que não foram operadas, como por exemplo exercícios de membros inferiores para pós-operatório de mamoplastias e exercícios de membros superiores para pós-operatório de gluteoplastia.

Durante a retomada das atividades, mesmo após a liberação do seu médico, é fundamental você estar atenta a qualquer desconforto durante a prática esportiva, informando seu médico e não ultrapassando seus limites.

Importante lembrar que cada paciente apresenta suas características e limitações, por isso estes períodos de recuperação podem ser diferentes para cada uma, assim como para cada tipo de cirurgia. Além disso, algumas orientações de períodos de repouso e retomada de atividades podem variar entre os cirurgiões, a depender da avaliação da individualidade de cada paciente. Por este motivo, este texto serve para informação e esclarecimento geral e resumido sobre o assunto, não substituindo a consulta e orientação específica do seu médico.

Dr. Lourenço Senandes (CREMERS 33773 / RQE 28844)
Cirurgião Plástico Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Deixe uma resposta