Ligue: (51) 3333.4140, (51) 3662.2002 ou (51) 3664.2035

Um cuidado importante no momento que antecede uma cirurgia (pré-operatório) diz respeito a restrição do uso de alguns medicamentos. Nas consultas com o cirurgião antes da cirurgia, ele irá lhe orientar sobre as medicações que devem ser evitadas, levando em consideração o seu estado de saúde e a necessidade de uso de cada medicamento.

Entre as medicações mais comuns de serem suspensas (ou substituídas) no pré-operatório, estão aquelas que podem alterar o tempo de coagulação durante a cirurgia, aumentando os riscos de sangramento de difícil controle, como alguns fitoterápicos (ex.: ginko biloba, ginseng, cápsulas de alho), anticoagulantes (ex.: warfarin, clopidogrel), antiagregantes plaquetários (ex.: AAS) e alguns anti-inflamatórios ( Ex.: cetoprofeno, ibuprofeno). Além destes, é comum a orientação de suspensão de medicamentos contendo hormônios ( ex.: anticoncepcionais e terapias de reposição hormonal) pelo aumento de risco de trombose venosa profunda associado ao ato cirúrgico.

Entretanto, é de extrema importância ressaltar que a suspensão (ou substituição) de cada medicamento só poderá ser feita após a orientação do médico, que levará consideração a necessidade de uso e o risco de sua suspensão em cada caso, e apenas pelo período recomendado.

Deixe uma resposta