Ligue: (51) 3333.4140, (51) 3662.2002 ou (51) 3664.2035

Aplicação de toxina botulínica

Indicada para a atenuação de rugas na face, a toxina botulínica de uso cosmético (tipo A) é uma toxina derivada da bactéria Clostridium botulinum. O seu mecanismo de ação ocorre pelo bloqueio da liberação do neurotransmissor acetilcolina, que por fim resultará no bloqueio de impulsos nervosos locais. A consequência indireta e esperada disto é o “enfraquecimento” do músculo no local. Desta forma, a toxina botulínica não age diretamente na pele, mas na musculatura que está abaixo desta, a qual é em grande parte responsável pelas rugas dinâmicas (aquelas que surgem com os movimentos da face). Enfraquecendo esta musculatura, as rugas na pele serão atenuadas, trazendo aparência suave e jovial à região tratada.

Importante enfatizar que a atividade muscular não é o único fator responsável pela formação das rugas e pelo consequente envelhecimento facial. Outros fatores contribuem neste processo, os quais não são solucionados com aplicações de toxina botulínica isoladamente. Desta forma pode ser necessário incluir outros procedimentos, os quais poderão ou não ser realizados ao mesmo tempo da aplicação da toxina. Quanto mais avançado o processo de envelhecimento facial, maior a probabilidade desta associação de terapias.

As aplicações são realizadas através de injeções na pele com agulha fina específica para o procedimento, causando mínimo desconforto.
Em geral, os resultados começam a se tornar aparentes a partir de 2 a 5 dias das aplicações, podendo este período ser variável entre os pacientes. A duração dos efeitos clínicos também pode variar de acordo com o paciente, entretanto costumam permanecer por 4 a 6 meses.
Os cuidados após as injeções são simples, entretanto segui-los rigorosamente é essencial para o bom resultado final. O retorno às atividades é imediato, com algumas restrições por poucas horas após o procedimento.