Ligue: (51) 3333.4140, (51) 3662.2002 ou (51) 3664.2035

Blefaroplastia

Cirurgia plástica das pálpebras

A blefaroplastia se divide em superior (cirurgia da pálpebra superior) e inferior (cirurgia da pálpebra inferior), podendo ser realizadas na mesma cirurgia.

A plástica das pálpebras superiores é indicada para pacientes com queixa de excesso de pele nesta região, que resultam em um olhar “cansado” e que, por vezes, atrapalham o campo de visão. É feita uma incisão alguns milímetros acima da linha dos cílios (geralmente onde existe uma dobra natural da pele) e retirado o excesso de pele e o excesso de gordura da região, quando necessário. A cicatriz neste local tende a adquirir um aspecto praticamente imperceptível com o passar do tempo. O objetivo deste procedimento é tornar mais aparente os contornos da região, resultando em um olhar rejuvenescido e agradável esteticamente.

A blefaroplastia inferior é indicada para rejuvenescer a região da pálpebra inferior, suavizando seus contornos. Para isso, através de uma incisão poucos milímetros abaixo da linha dos cílios (ou por dentro da pálpebra em casos específicos), retira-se ou reposiciona-se o excesso de gordura (conhecidas como bolsas de gordura da pálpebra inferior), retira-se o excesso de pele e, em alguns casos, reposiciona-se também a gordura da região malar (bochecha) que tende a “cair” ao longo do envelhecimento, posicionando-se mais inferiormente na face. Desta forma é possível alcançar um rejuvenescimento não só da pálpebra inferior, como também de uma região mais ampla logo abaixo dela.

As blefaroplastias superior e inferior podem ser realizadas em uma única cirurgia, assim como em conjunto com outros procedimentos da face.
O procedimento é realizado em ambiente hospitalar. Em geral, utiliza-se apenas anestesia local ou anestesia local com sedação durante a cirurgia.
Sua recuperação tende a ser rápida, permitindo o retorno do paciente às suas atividades em poucos dias (comumente 1 semana ou menos), seguindo as orientações médicas.