Ligue: (51) 3333.4140, (51) 3662.2002 ou (51) 3664.2035

Cirurgia íntima feminina

Apesar de ser um tema pouco abordado, é comum mulheres referirem descontentamento relacionado à aparência de sua região genital. Muitas vezes por sentirem vergonha de sua região íntima, as pacientes podem ter sua vida sexual afetada. Em outros casos, algumas alterações específicas, como depósito de gordura excessivo na região pubiana (monte pubiano) pode prejudicar o uso de calças mais justas ou trajes de banho.
As alterações desta região podem advir de três causas específicas: tamanho excessivo dos pequenos lábios vaginais, tamanho excessivo dos grandes lábios vaginais e/ou aumento de volume do monte pubiano.

A depender das alterações encontradas e das queixas da paciente, a cirurgia pode abordar apenas uma das regiões supracitadas ou o conjunto delas.
O tamanho excessivo dos pequenos lábios é tratado com a retirada do excesso de tecido, resultando em cicatrizes parcialmente escondidas nas dobras da região.

Já a abordagem dos grandes lábios de tamanho aumentado pode ser feita com a retirada de pele e gordura (resultando em cicatrizes também parcialmente camufladas na região) ou lipoaspiração, dependendo da causa deste aumento.
O tratamento do excesso de gordura localizado em monte pubiano pode ser tratado por meio da lipoaspiração do local, resultando na redução do seu volume e melhor harmonia do seu contorno.

A cirurgia é feita em ambiente hospitalar. Em geral, o tipo de anestesia utilizada é peridural ou local com sedação.
Alguns cuidados pós-operatórios devem ser seguidos, como orientações de higiene local e abstinência sexual por 30 dias.