Ligue: (51) 3333.4140, (51) 3662.2002 ou (51) 3664.2035

Ritidoplastia

Lifting ou rejuvenescimento da face

A cirurgia de rejuvenescimento facial (ritidoplastia) é indicada para pacientes insatisfeitas com as alterações decorrentes do envelhecimento natural da face, as quais podem acometer desde sua porção mais superior (frontal) até a região cervical (conhecida como “papada”). Com o passar dos anos, a atividade constante da musculatura da face, as alterações da pele e a ação da gravidade, resultam na ptose (“queda”) das estruturas profundas da face (gordura e musculatura), perda de elasticidade da pele, redução dos depósitos de gordura e formação de rugas profundas. Estas mudanças em conjunto formam as características de uma face envelhecida. Dessa forma, a cirurgia de lifting facial tem como objetivo principal tratar estas alterações.

Através de incisões (cortes) escondidas nos contornos das orelhas e dentro da região dos cabelos, é feito um reposicionamento das estruturas da face que sofreram essa ”queda” com o passar dos anos. Junto com o reposicionamento das estruturas profundas, retira-se o excedente de pele resultante ao final da cirurgia utilizando as mesmas incisões, de modo que se torne mais evidente o contorno da face rejuvenescida. Na mesma cirurgia, pode ser feito o enxerto de gordura (retirada de outra parte do corpo) em porções da face que sofreram perda desta estrutura ao longo dos anos. Além de resultar em contornos mais definidos na face, a ritidoplastia também tem o efeito de atenuar algumas rugas. Importante lembrar, no entanto, que nem todas rugas da face podem ser tratadas com esta cirurgia e, mesmo aquelas que são atenuadas, não desaparecem por completo. Por este motivo, pode estar indicada a associação de procedimentos para tratamento de rugas, como peelings, dermo abrasão, preenchimentos com ácido hialurônico e aplicação de toxina botulínica.

O Procedimento é realizado em ambiente hospitalar. Utiliza-se anestesia geral ou anestesia local com sedação no transoperatório.

No pós-operatório é esperada a presença de edema (inchaço) e áreas de equimose (roxo) que vão desaparecendo ao longo de alguns dias. O retorno às atividades de rotina ocorre em poucos dias (comumente 2 semanas), mas com algumas restrições temporárias que serão orientadas pelo médico.

Os resultados começam a se tornar evidentes conforme o desaparecimento do edema, no entanto o resultado definitivo só pode ser avaliado após 6 meses da cirurgia.